Saiba quais os principais métodos de desinfecção da água

Entre os principais métodos de desinfecção da água a cloração é um dos mais importantes. Com o intuito de torná-la própria para o consumo, esse procedimento é constantemente aprimorado ao longo das últimas décadas em diversos países. 

Crédito: Divulgação.

Este e métodos com tal objetivo possuem características próprias. Assim, variam as suas maneiras de aplicação. Aqui no Brasil a cloração um dos mais aplicados, tanto em grandes redes públicas como locais menores.  

Sendo assim, abaixo você confere as principais características e vantagens da cloração da água. Dessa forma, esse é um dos métodos de desinfecção da água que faz parte da expertise da Fluid Feeder, empresa 100% nacional que possui soluções de alta tecnologia no tratamento de água e efluentes. 

Métodos de desinfecção da água: principais características da cloração 

  • A água oriunda dos reservatórios públicos normalmente possui um percentual de cloro colocado pelas companhias de saneamento já nas estações de tratamento. A sua capacidade extremamente eficaz em eliminar micro organismos o torna um desinfetante altamente eficiente. Ele é capaz de eliminar bactérias, vírus e protozoários que podem existir no interior de reservatórios e canos. 

A legislação permite um índice máximo de 2,0 mg/l do chamado índice residual de cloro. Ele é suficiente para manter a potabilidade da água. Sendo assim, caso apresente uma concentração acima de 5,0 mg/l, ela não atende aos padrões de consumo. 

Etapas de cloração da água

Os processos desenvolvidos pelas tecnologias da Fluid Feeder atendem às mais rígidas normas para garantir a potabilidade da água e eficiência nos processos de distribuição. 

Pré-cloração

O cloro é adicionado à água na estação de tratamento para destruir os microrganismos, algas e metais que podem ser nocivos à saúde. 

Pós-cloração

Trata-se de uma segunda adição de cloro antes da água deixar a estação de tratamento. É uma etapa necessária para atender aos requisitos de potabilidade exigidos pelo Ministério da Saúde.  

Recloração

Nessa terceira inserção de cloro são adicionadas partes pré-determinadas de cloro de no mínimo 0,2 ppm para que a água seja distribuída.

Vantagens da cloração como um dos métodos de desinfecção de redes domésticas

A água presente em rios e córregos possui grande quantidade de coliformes fecais, e-coli, bactérias e vírus nocivos à saúde. Por isso existe a necessidade de desinfetá-la para prevenir doenças. 

A instalação de um sistema de limpeza e distribuição de água é uma alternativa para garantir o acesso a locais mais carentes e isolados (mas também podem ser construídos em propriedades privadas).

Assim, a Fluid Feeder oferece as melhores alternativas de equipamentos para cloração da água e que oferecem qualidade e saúde para o cliente. Portanto, a empresa é rígida com os padrões de saúde pedidos pelas agências de fiscalização. 

Principais características do sistema de desinfecção de água da Fluid Feeder

– Atende por completo aos padrões bacteriológicos e a dosagem de cloro da portaria 2914 do Ministério da Saúde.

– Está de acordo com as necessidades do decreto 7535, do Programa Nacional de Universalização do Acesso e Uso da Água – “Água para todos”, da Presidência da República.

– Tem exclusivo controle de dosagem que proporciona total segurança aos usuários durante o consumo.

– Mantém residual de cloro entre 0,2 e 2,0 ppm.

 

 

Solicitar Orçamento

Desenvolvido por AO5 Marketing Digital