Fluid Feeder

(11) 99938-6210

(11) 2021-7755
BR ES

Saiba como pode ser feito o tratamento de efluentes industriais

 

Cada vez mais, são adotadas, por empresas, medidas que visam priorizar a preservação do meio ambiente. Essa conscientização ambiental permite, por exemplo, que a empresa tenha muito mais retornos positivos com essa ação, do que se esse tipo de investimento fosse evitado.

O tratamento de efluentes industriais é um exemplo de medida de preservação ambiental que as empresas devem tomar, não apenas por conscientização, mas, também para seguir a legislação brasileira, como a Resolução nº 430, de 13 de maio de 2011, a qual classifica os corpos de água e traça diretrizes ambientais. estabelecendo condições para o lançamento e tratamento de efluentes industriais.

Essa resolução complementa e altera parcialmente a resolução anterior sobre o tratamento de efluentes industriais, nº 357, de 17 de março de 2005, do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).

Como tratar os efluentes industriais?

Existem diversos processos para o tratamento de efluentes industriais, sendo que, cada um possui uma função específica, são eles:

  • Processos físicos para o tratamento de efluentes industriais: esse processo remove a matéria inorgânica e orgânica que estão em suspensão, através do uso de técnicas como gradeamento, sedimentação, peneiramento, flotação e caixas separadoras de óleo.
  • Processos químicos para o tratamento de efluentes industriais: para a realização desse processo são utilizados produtos químicos que têm a capacidade de remover os agentes poluentes através de reações químicas. Os processos mais conhecidos são:
    • Oxidação por ozônio, para a desinfecção;
    • Clarificação química;
    • Cloração para desinfecção;
    • Eletrocoagulação;
    • Oxidação de cianetos;
    • Precipitação de fosfatos e outros sais;
    • Precipitação de metais tóxicos;
    • Redução do cromo hexavalente;
    • Troca iônica.
  • Processos biológicos para o tratamento de efluentes industriais: esse processo tem como principal objetivo, transformar a matéria orgânica dissolvida em matéria sólida sedimentável ou gases. Os principais processos biológicos são:
    • Processos aeróbios: que são realizados com o uso de lodos ativados.
    • Processos facultativos: é realizado através do uso de biofilmes, filtros biológicos, biodiscos e biocontactores e por alguns tipos de lagoas (fotossintéticas e aeradas facultativas).
    • Processos anaeróbios: são realizados em biodigestores e lagoas anaeróbias.

Consequências para o não tratamento de efluentes industriais

As empresas que deixam de cumprir a legislação a respeito do tratamento de efluentes industriais terá sua imagem perante a sociedade prejudicada, já que as pessoas estão buscando, cada vez mais, empresas que sejam conscientes quanto ao respeito ao meio ambiente.

Além disso, se a empresa não realizar o tratamento de efluentes industriais, ela ainda poderá ter que pagar multas elevadas, tendo, consequentemente, um alto prejuízo financeiro. Responder por crime ambiental e a suspensão na participação em linhas de financiamento público são outras penalidades sofridas pela empresa.

A Fluid Feeder trabalha com os equipamentos mais modernos para o tratamento de efluentes industriais. Quer saber mais sobre nossos produtos? Clique aqui e entre em contato conosco agora mesmo!

Crédito: tuachanwatthana / Tipo de licença: Royalty-free / Coleção: iStock / Getty Images Plus

Desenvolvido por AO5 Marketing Digital