Fluid Feeder

Mau cheiro na sua indústria? A Fluid Feeder tem soluções sob medida para o seu negócio

Não dá mais para “passar pano” quando o assunto é mau cheiro. Confira como acabar de vez com o problema com soluções eficazes e econômicas para a sua empresa

Focar no controle de odores emitidos pela sua planta industrial garante benefícios com o público interno (colaboradores), externo (comunidade) e com o planejamento financeiro do seu negócio.

Quando o odor se torna intenso numa fábrica, isso se deve, na maioria dos casos, a falhas no processo industrial. Ou seja, há equipamentos que não estão funcionando adequadamente ou há falha no uso do maquinário ou dos insumos pelos colaboradores, gerando desperdício.

Para além do desperdício, ainda há o risco de o ambiente se tornar insalubre, gerando o risco de eventuais processos trabalhistas.

Já o público externo também sofre os efeitos do excesso dos maus odores, seja apenas o desconforto com o cheiro até problemas de saúde, como dores de cabeça, alteração do paladar, náuseas e até dificuldade para dormir.

Incomodada, a comunidade pode acionar os órgãos de fiscalização ou o Ministério Público, causando prejuízos à imagem da empresa que extrapolam os limites da vizinhança e podem impactar ainda o valor da companhia.

 

Como funciona o monitoramento de gases odoríficos

A amônia é um dos gases que requerem maior cuidado. Em condições normais, ela não possui cheiro, porém, em altas concentrações possui um odor semelhante ao da urina, que irrita as vias respiratórias e pode se tornar letal.

Outros gases bastante presentes na indústria nacional e igualmente prejudiciais ao olfato humano são o gás sulfídrico (H2S – cheiro semelhante ao de “ovo podre”) e o gás fluorídrico (HF – odor se assemelha ao de ovos ou carne em decomposição).

A solução mais segura e comumente adotada são os equipamentos do tipo “nariz eletrônico”, que são muito mais sensíveis que o órgão humano, chegando a identificar vazamentos antes que eles se tornem perceptíveis ao homem.

Segundo Francisco Oliver, diretor técnico industrial da Fluid Feeder, o sistema possui um sensor que detecta a presença do gás e aciona um mecanismo interno que alerta sobre o vazamento por meio de um display e, também, de forma remota, via rede interna de comunicação industrial, rádio ou celular.

Com  a emissão do alerta, a equipe de brigadistas pode dar início às ações de contenção e de segurança aos colaboradores e equipamentos.

Equipamentos da Fluid Feeder

A Fluid Feeder  trabalha, com exclusividade no mercado brasileiro, com os equipamentos da norte-americana Analytical Tecnology (ATI), que oferecem  monitoramento da qualidade do ar 24h. Como diferencial destes produtos, podemos destacar o design inovador a baixa manutenção operacional.

A Fluid Feeder faz o diagnóstico dos pontos críticos e elabora, juntamente com seus clientes, soluções personalizadas. Para saber mais sobre o sistema de monitoramento de odores, clique aqui e agende uma reunião com nossa equipe.

 

Desenvolvido por AO5 Marketing Digital